05.05.08
Como disse essa grande personagem do universo pythoniano, Mr. Praline, nesse não menos grande sketch que é o "Dead Parrot", "se queremos alguma coisa neste país é preciso gritarmos até que a voz nos doa". Ou seja, foi só preciso eu fazer um post sobre a demora da guia, para ela me aparecer em casa (OK, não foi logo no mesmo dia, mas uns dois-três dias depois). E, então... no domingo, aproveitando que todos nós vinhamos lá das festas da terra (isso é que foi... ir quinta e vir quinta, e ir domingo e vir domingo. Odeio a minha faculdade), lá se meteram na odisseia de me meterem um carro nas unhas.
Se realmente vos interessa, a rota foi esta:

Pronto, foi uma coisa muito gira, etc. e tal, mas não pensem que vim para aqui gabar-me dos meus dotes ao volante. Nada disso. Venho para aqui queixar-me (oh, surpresa) da malta que passou por mim.
Não que tenha alguma coisa contra a malta que me ultrapassou. Nada disso. A grande questão é que... eu vim sempre a 90, caneco. Eu vim sempre a ver se não passava o que diziam aqueles sinais redondos com rebordo encarnado e números no centro - não sei se sabem quais são - e, quando dava por ela, já tinha uma valente fila atrás de mim. Será que será obrigatório andar-se na estrada a velocidade superior ao que é indicado nesses sinais? Que eu saiba, os que tinham esse efeito eram os azuis... mas sei lá, pelas coisas que se vai vendo por aí, começo a ter as minhas dúvidas que a malta saiba distinguir uma coisa da outra. É como ver malta que anda tão à rasca para ultrapassar que até o faz em cima dos duplos traços, e dos contínuos...
Sempre me vão dando razão: isto é uma valentíssima selva. Por isso é que, enquanto a CP não for acabando com os comboios lá para baixo, se calhar não me vão apanhar em muitas odisseias dessas...

disfunção original de Rodolfo Dias às 09:45

sinceramente,fico feliz e triste ao mesmo tempo por ler este post.

feliz porque vejo que já andas em aventuras ao volante.
triste porque estou contigo todos os dias e é preciso vir aqui para saber uma novidade destas.

enfim, já sabes o que eu penso. parabéns pela carta*
honey a 21 de Maio de 2008 às 15:36

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres


Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Twitter button
Este web-log não adopta a real ponta de um chavelho. Basicamente, aqui não se lê nada de jeito. É circular, c...!
Maio 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
15
16

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


vasculhar
 
Disfunções mais velhas que a sé de Braga
2017:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2016:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2015:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2014:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2008:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2007:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2006:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2005:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


origem
subscrever feeds
blogs SAPO