08.02.06
Gostava muito de poder dizer que este "já me apanharam" estava relacionado com os árabes e que estes já me tinham feito ameaças de morte. Infelizmente, não é nada disso. Sou demasiadamente insignificante para eles. No entanto, fui vítima de outro factor, não menos nefasto para o mundo em geral: uma corrente.
Correntes, sabem bem ao que me refiro... aquelas coisas que mandam para os mails com textos incrivelmente deprimentes, a dizer no fim "manda a 10 pessoas ou o teu desejo não se irá realizar", que depois passaram para os telemóveis e, finalmente, transitaram para os web-logs... será que essa gente na sabe o que há-de fazer ao tempo? Ou virá a origem destes elementos da criançada que dá pelo nome de "pitas"? Enfim... não sei nem me interessa: é um mistério que não me interessa desvendar.

Então e a corrente, hein?

Pois... enviada pelo companheiro bloguista skeptikal lá das bandas do Vagamente Abstracto!, apenas me cativou porque faz uma pergunta tão simples como "Quais são as cinco coisas mais irritantes sobre ti?" E... bom, isto foi o que encontrei:

1. adoro atirar o meu Discman ao chão (convém fazer a ressalva que o meu Discman está constantemente ligado à corrente, e eu passo a vida a tropeçar no catano do fio);

2. adoro gastar dinheiro em livros absolutamente inúteis para a minha aprendizagem (tipo... "Calvin & Hobbes" - lá foram mais 10€€ embora hoje...);

3. bom... a sabedoria inútil a que todos chamamos de "cultura geral", sabem? Pois... estou cheio dela;

4. adoro ver os comboios a passar por mim, ou a toda a velocidade, ou parados na estação (não é bem como o "bibota de ouro" Fernando Gomes um dia disse, que "[marcar golos] é como ter um orgasmo"... mas é um daqueles prazeres parvos e inexplicáveis que todos temos);

5. sou calado e introvertido (esta está só mais para encher... porque não me lembro de mais nada. Talvez amanhã me lembre...).

Bom... agora tenho de mandar isto a outros cinco infelizes contemplados, n'é? OK... então escolho:

1. Confissões de uma jovem surda, da mafaldasofiafreire;

2. Listen to the silence, do filipe_vilhena;

3. Quimica da Vida, da caramela;

4. Silent voices echoes in my brain, da brzq;

5. MoonlightWolf, da moonlightwolf.

Bom, agora que já fiz o que estava no meu alcance para propagar esta praga... vou-me suicidar.

Boas irritações.
disfunção original de Rodolfo Dias às 02:49

Este web-log não adopta a real ponta de um chavelho. Basicamente, aqui não se lê nada de jeito. É circular, c...!
Fevereiro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28


vasculhar
 
Disfunções mais velhas que a sé de Braga
2018:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2017:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2016:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2015:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2014:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2008:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2007:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2006:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2005:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


origem
subscrever feeds
blogs SAPO