22.06.05
Para quem conhece (mas será que alguém não conhece essa mítica série?) Blackadder - neste caso, a última série, que passou recentemente na SIC Comédia - , é capaz de perceber porque, para mim, este é o melhor final que já se fez para uma série, qualquer série. E ainda por cima, tendo em conta que é uma série de culto, com Rowan Atkinson (ou Mr. Bean, se for mais fácil) sempre a ironizar e rebaixar os seus companheiros de aventuras.
Este tema vem mesmo a jeito porque não sei se voltarei a escrever aqui. Contra todas as minhas previsões, a minha vida está-se a transformar numa autêntica confusão, e já não basta eu ter exames vitais para o meu futuro prestes, ainda há outros factores - que desculpem, mas não vou enumerar aqui - que cada vez mais me roubam a vontade de escrever. Enfim... pode ser só umas férias deste web-logzito. Mas enfim, cá vos deixo o material que queria mostrar.



(um pequeno enquadramento, para quem não conhece esta série: a acção passa-se durante a I Guerra Mundial. Edmund Blackadder é um capitão do exército inglês, entrincheirado faz tempo e sempre a tentar-se escapulir à guerra e ir para Inglaterra. George Colhurst St. Barleigh é um tenente desmiolado e idiota, enquanto S. (de Sod-Off - Desaparece, em bom lusitano) Baldrick é um soldado raso do mais nojento que pode haver, com planos sorrateiros que nunca resultam. São liderados pelo General Sir Anthony Cecil Hogmanay Melchet, autoritário e que geralmente frustra sempre os planos de Blackadder, que tem um secretário, o Capitão Kevin Darling (Querido, em português), um tipo desprezível e que não vai com a cara de Blackadder. Ora, no último episódio, Darling é enviado para a frente de combate para se juntar aos soldados que vão avançar sobre as posições alemãs)

(...) George: A sério, isto é bravo, esplêndido e nobre!
[Blackadder não reage - longa pausa]

George: Sir?
Blackadder: Sim, Tenente?
George:
Estou... assustado, sir.
Baldrick:
Eu também estou, sir.
George:
Quer dizer, sou o último dos jogadores de botão ao pé-coxinho do Verão dourado de 1914. Não quero morrer... Não estou mesmo nada interesado em morrer, sir.
Blackadder: Como se sente, Darling?
Darling:
Uhm, não muito bem, Blackadder. Esperava passar por todo este espectáculo, voltar ao trabalho no Pratt & Filhos, jogar cricket com os cavalheiros de Croyden, casar com a Doris. Escrevi uma nota no meu diário sobre a guerra a caminho daqui. Diz simplesmente ..."Chatice".
Blackadder:
Bem, bastante.
[Lá fora: "Todos prontos! Preparar baionetas!"]

Blackadder: Vá, toca a mexer.
[à porta, Blackadder vira-se para George]
Blackadder:
Não se esqueça do seu pau, Tenente.
George:
Nunca, sir. Não quereria enfrentar uma metrelhadora sem isto.
[entram todos na trincheira, esperando pela ordem de saída - de repente há silêncio - as metralhadoras calam-se]

Darling: Ouçam... as nossas armas pararam.
George: Não está a pensar...
Baldrick: Talvez a guerra tenha acabado. Talvez seja a paz!
George:
Bem, hurra! Os dirigentes sentaram-se à mesa e tiraram o ferro do fogo!
Darling:
Graças a Deus! Sobrevivemos a isto! A grande guerra... 1914 a 1917.
Darling, George, Baldrick: Hip hip hurra!
Blackadder: Temo que não. As armas pararam porque estamos prestes a atacar. Nem mesmo os nossos generais são loucos o suficiente para bombardear os seus próprios homens. Eles acham muito mais decente deixar os alemães fazê-lo.
George:
Então vamos, de facto, atacar? Isto é, como dizem, "o fim"?
Blackadder: Temo que sim. A não ser que consiga pensar em algo muito depressa.
[uma voz grita "Companhia, um passo à frente!". Todos o fazem]
Baldrick:
Está uma farpa horrível naquela escada, sir. Um tipo pode-se aleijar naquilo.
[outra voz grita: "Preparem-se!" - todos colocam as mãos nas escadas, prontos a subir]
Baldrick:
Eu tenho um plano, sir.
Blackadder: A sério, Baldrick? Um sorrateiro e subtil?
Baldrick: Sim, sir.
Blackadder:
Tão sorrateiro como uma raposa que acabou de ser nomeada Professora da sorrateirice da Universidade de Oxford?
Baldrick:
Sim, sir.
[outro grito: "Ao sinal, a companhia vai avançar!"]
Blackadder: Bem, parece-me que vai ter de esperar. O que quer que fosse, de certeza que era melhor que o meu plano de sair daqui a fingir que era louco. Quer dizer, quem teria dado conta de outro louco por aqui?
[soa um apito - Blackadder olha para Baldrick]

Blackadder:
Boa sorte a todos.
[Blackadder sopra o seu apito, há um coro de vozes em fúria ao mesmo tempo que todos sobem as escadas, ao encontro do fogo das metralhadoras]
[a última imagem da série faz uma passagem pelo campo da batalha, carregado de cadáveres]




Boas batalhas.
disfunção original de Rodolfo Dias às 12:39
 O que é?

Twitter button
Este web-log não adopta a real ponta de um chavelho. Basicamente, aqui não se lê nada de jeito. É circular, c...!
Twitter
enviar spam
Junho 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

12
13
14
16
17
18

19
20
21
23
24
25

26
27
28
29
30


vasculhar
 
Disfunções mais velhas que a sé de Braga
2017:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2016:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2015:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2014:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2008:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2007:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2006:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2005:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


Networked Blogs
origem
blogs SAPO