13.05.05
Há que encarar a realidade: eu sou um revoltado. Estou sempre a disparatar com tudo e com todos, sejam eles quem forem. E, se calhar, se não me desse tanta preguiça de escrever neste cantinho da gloriosa Internet, este web-log não estava tão pequenino assim. No entanto, às vezes há coisas que me tiram do sério e me fazem disparatar em todas as direcções.

Bom, eu até sou uma pessoa muito liberal, acho que cada um deve ter o direito de pensar o que quiser, fazer o que lhe der na real gana. Só que... a respeito da música, infelizmente, as coisas não conseguem ser assim tão lineares. E hoje o meu espírito sofreu um duro teste quando, durante o primeiro troço da viagem que separa a faculdade da minha casa, o autocarro foi invadido por uma meia-dúzia de "teenagers", oriundas da escola profissional que fica ao lado do IPS... com um rádio. Jovens caucasianas perfeitamente normais para a conjuntura portuguesa dos nossos dias. Que, em seguida, ligaram o leitor de CD's do dito rádio... e preencheram aquele confortável autocarro com a sua banda sonora predilecta. Fez-me sentir, nos dias em que vou ao "Kaxaça", no Montijo, aquelas horas antes de começarem a meter sons mais electrónicos, quando passam R'n'B e derivados, e o Nettwerk fica a secar até à 1, 2 da manhã... OK, em menor escala. Mas, de qualquer modo, amaldiçoei o facto dos meus phones, de momento, estarem todos avariados. O que vale é que as ruas de Setúbal não são propriamente lisinhas, e até têm uma grande parte em paralelo; portanto, era o CD a saltar e cá o rapaz com um sorriso nos lábios...
Ai ai... as saudades das músicas de outrora...

Boas danças.

(tenho de fazer um mea culpa: por manifesta preguiça - e porque a minha criatividade agora anda virada para outro lado - , não fiz um post que tinha programado em memória desse poeta da rádio como foi Jorge Perestrelo. Peço imensa desculpa. E outro por fazer posts de tão mísero tamanho.)
disfunção original de Rodolfo Dias às 16:00
 O que é?

Eu penso que a questão não se acerca sobre o gostar ou não. No meu caso por exemplo, que tenho gostos musicais bastante variados (Aponto que detesto TRANCE e KIZOMBAS!!!), não critico as pessoas por gostarem de coisas que eu não gosto. Mas, não quer isso dizer que ma possam impingir! Por exemplo, detesto quando tenho de ouvir os kizombas do vizinho ou mesmo na rua, quando alguém está a ouvir no seu carro a um volume bastante alto. No entanto, não posso criticar a situação do bar! Até porque gosto bastante d r&b!! Saudações!!
Rafa a 19 de Maio de 2005 às 19:06

poix eu tinha q vir aki discordar do q vossa excelência tão veementemente afirma! :p
a questão é (e já tenho tentado debater isto com uma série d pessoas) n é pq tu n gostas de determinado tipo de musica q ela passa a ser melhor ou pior...
qd fazes referência akele bocado de tempo em q no kaxaça (ou noutra qq discoteca) passa R'n'B, deixa-m q te diga q esse é o momento em q eu tou mais a curtir na noite toda... esse é o tipo de som q eu gosto,o resto da noite pra mim nunca é tao divertida...
a questão é q n é por isso q eu vou criticar o outro som ou deixar d tar lá a curti-lo...
até hj n consigo entender pq é q as pessoas teimam em criticar as coisas pq simplesmente n gostam delas... e tb inda n encontrei kem me desse uma justificação válida...

bjinhos pa ti e continua com os posts de qualidade ;) *****
Anita a 19 de Maio de 2005 às 13:27

Ganda maluko que tu és pá..curti os teus textos e concordo contigo nos 2 textos que li. Força pa..e já sabes.. Boas danças ;)
Raposa Maluka a 17 de Maio de 2005 às 12:44

Pois é.. para mim as músicas de outros tempos.. eram excelentes.. agora.. é só música da chacha, sim, descobri o meu som verdadeiro!!! :D
Mafalda Freire a 14 de Maio de 2005 às 14:11

Twitter button
Este web-log não adopta a real ponta de um chavelho. Basicamente, aqui não se lê nada de jeito. É circular, c...!
Twitter
enviar spam
Maio 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
14

15
16
17
18
19
21

22
23
24
25
26
28

29
30
31


vasculhar
 
Disfunções mais velhas que a sé de Braga
2017:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2016:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2015:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2014:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2008:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2007:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2006:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2005:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


Networked Blogs
origem
blogs SAPO