29.08.07
"A minha vida é muuuunto agitada."
Eu ainda me lembro dum anúncio que passava aqui há anos a uns caldinhos a que bastava adicionar água e mexer, para dar, após serem consumidos, pedalada a um pastor vagamente alentejano (se bem me lembro, o "shor" Nuno Melo) para ficar "logo pronto, p'rà lôcura do dia-a-dia" - muito antes do Redbull, mas isso é outra história.
Ora bem, comigo, passa-se o mesmo. Neste momento, não tenho nada para fazer, para além de passar os dias deitado a ver os Campeonatos do Mundo de Atletismo de Osaka, ou os episódios repetidos dos "Casos Arquivados" e do "House" na Fox, e do "CSI" na SIC... por isso, resolvi que já chegava. A partir de agora, não vou estar mais parado. Vou-me tornar caçador.
...
...
...
...
...
... e provalevmente, neste momento, toda a gente que eu conheço deve estar de mãos na cabeça, especialmente os amigos da natureza, a chamarem-me todos os nomes possíveis e impossíveis de imaginar (e de reproduzir aqui)... por isso, deixem-me apresentar a minha arma:

E, já agora, um exemplo das minhas peças de caça:

Sim... oficialmente (mais ou menos...) sou um spotter de comboios. Porquê? Porque gosto de andar neles, porque sempre gostei de tal coisa...  mas não interessa agora para o caso.
Isto de ser spotter é, realmente, como ser caçador: há que levantar cedo, para se apanhar o maior nº de caça, convém ter uma arma bem preparada e eficaz... mas, ao contrário da vulgar caça às perdizes, rolas e lebres, se a malta não tiver cuidado, sofre um acidente bastante complicado (se, no entanto, nos estivermos a comparar à caça furtiva dos rinocerontes e leões nas Áfricas, já temos mais uma semelhança). Até já estou a pensar comprar um cinturão para prender lá, enfim... as fotos...
Na semana passada, fui para uma abatida, mais quatro companheiros de aventura, para os lados de Marvão. Porquê uma abatida? Porque nos fomos meter no território deles, preparados para lhes fazer uma espera pelas altas horas da noite. E foi o que aconteceu. A caça não foi muita, algo que já nós sabíamos de antemão, mas até valeu a pena... até mesmo para o meu canhão fraquito, uma peça de artilharia muito pouco eficaz, tão boa, tão boa que se equipara a uma pressão-de-ar. Mas ainda deu para muita coisa...
... coisas essas que, um dia, talvez mostre. Não aqui, mas noutras galerias mais dadas para o efeito. Até porque as peças de caça não foram ainda arranjadas.

Boas caçadas,
NvH - A mais alguém este post parece algo surreal?
disfunção original de Rodolfo Dias às 15:55
 O que é?

Twitter button
Este web-log não adopta a real ponta de um chavelho. Basicamente, aqui não se lê nada de jeito. É circular, c...!
Twitter
enviar spam
Agosto 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
30
31


vasculhar
 
Disfunções mais velhas que a sé de Braga
2016:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2015:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2014:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2008:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2007:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2006:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2005:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


Networked Blogs
origem
blogs SAPO