10.07.06
Pois é, o Mundial acabou, e agora é tempo de falar do positivo e do negativo. Pelo menos para mim. Nem devia de falar de futebol aqui, mas a verdade é que o meu antigo web-log de futebol já está há muito tempo sem ser actualizado... e a mim não me está muito a apetecer recomeçar a falar lá de futebol. Portanto, aqui estamos. E, ao contrário do que é habitual, vou começar pelo negativo. Apetece-me ser diferente...

 - Negativo

França

Que me desculpem todos aqueles que sentem alguma afinidade pelo país do galo, mas... eu pura e simplesmente não gosto deles. Embirro. E após duas derrotas com eles em meias-finais (agora três), tenho-lhes um pó que nunca há-de morrer. Por isso, não gostei que eles tivessem chegado tão longe, tivessem eliminado o Brasil e a nós, e tivessem acabado na final. Por isso, supliquei que a Itália lhes fizesse o mesmo que fez contra a Alemanha. Não fez... mas senti-me deliciado à mesma. Allezz les Bleus!
Olé!!

Brasil

Mostraram muito pouco futebol para quem era pentacampeão e queria chegar ao hexa. Com uma equipa velha (Roberto Carlos, Dida, Cafú,...) e fora de forma (Ronaldo, Roberto Carlos...), não apresentaram o futebol espectáculo que se esperava deles, e foram vencendo enquanto o pouco que faziam era suficiente. Mas quando apanharam a França, eles que já se começavam a preparar para o duelo lusófono com Portugal, em vez disso apanharam um bilhete para casa. Uma ideia para o futuro seria demitir o Parreira e colocarem no seu lugar, por exemplo, Paulo Autuori...

Falta de surpresas

Com tanta selecção estreante (Trinidade & Tobago, Costa do Marfim, Angola, Gana, Togo e Ucrânia), esperava-se que algumas destes nomes não fossem sacos de pancada para os mais fortes. No entanto, apenas Gana e Ucrânia chegariam à segunda fase (Ucrânia, de certo modo, naturalmente, estando inserida num grupo em que apenas a Espanha poderia causar estragos - e causou), Costa do Marfim apresentou bom futebol, mas não chegou para contrariar Argentina e Holanda, os angolanos até deixaram boa imagem, mas não foi suficiente... Salvou-se, ainda assim o Equador, a surpreender a Polónia e a chegar aos oitavos de final.

República Checa

Não há muito a dizer... começaram bem e acabaram mal. A surpreendente derrota com o Gana foi mau presságio, a obrigar a bom resultado contra a Itália... que não aconteceu. Triste adeus de malta como Nedved, Poborsky, Koller e afins...

Argentina

Uma "semi-desilusão", porque começaram espectacularmente o Mundial, mas saíram de cena muito cedo, no que para mim foi um chorrilho de asneiras de José Pekerman, o seleccionador do país das "pampas". Jogar à italiana deve ser deixado para os italianos...

Holanda

Gosto dos holandeses. Mas, por causa do jogo contra Portugal, tem de figurar aqui. Marco van Basten decepcionou-me profundamente, eu que até aqui sempre o admirara, a sua selecção demonstrou uma séria falta de "fair-play"... e saíram da Alemanha pela porta pequena. Que venham com mais humildade em 2008, no Europeu.

- Positivo


Portugal
Claro... nós tinhamos de aparecer aqui. E acho que não preciso de justificar porquê... uma campanha irrepreensível, ficando nas quatro melhores selecções do mundo, acima de Brasil, Argentina, Inglaterra... o mal foi encontrarmos duas selecções, nas meias-finais e no jogo do 3º lugar, que equiparam de branco... a mesma cor com que a Grécia nos bateu, há dois anos. Mas enfim, o que é certo é que estamos num patamar invejado por muitos. Que venha o Europeu, já em 2008, de preferência com Scolari ao leme!

Itália
Quer se goste ou não se goste, mas são eles novos os campeões do mundo. Não vou discutir se é justo ou não, até porque o seu percurso foi, de certo modo, fácil (grupo com Gana, Rep. Checa e EUA, depois Austrália, Ucrânia e Alemanha), mas de qualquer forma, o seu catenaccio foi suficiente para parar o temível ataque alemão nas meias-finais e, na final, susteve Zidane, Ribery e seus pares até aos penalties. Num mundial muito táctico, a sua táctica foi a melhor.

Alemanha
No Mundial em casa, se calhar pedir-se-ia mais aos vice-campeões do mundo. Desceram um degrau no pódio, é verdade, em relação a 2002, mas o seu futebol não foi tão cinzento como em 2004: nas quatro equipas das semi-finais, foram a única a jogar com dois avançados. E finalmente Klose chegou ao troféu de melhor marcador do Mundial...

E pronto, é isto.

Bons Mundiais.
disfunção original de Rodolfo Dias às 18:11
 O que é?

Pah.. isto é tudo por interesse. Havia de ser giro.. um país pequeno ganhar o mundial.. era um escândalo e vergonhoso para os países grandes.
Confissoes a 14 de Julho de 2006 às 18:05

Twitter button
Este web-log não adopta a real ponta de um chavelho. Basicamente, aqui não se lê nada de jeito. É circular, c...!
Twitter
enviar spam
Julho 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
25
26
27
28
29

30
31


vasculhar
 
Disfunções mais velhas que a sé de Braga
2016:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2015:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2014:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2008:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2007:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2006:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2005:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


Networked Blogs
origem
blogs SAPO