04.02.06
Bom, nestas três semanas de ausência de posts, muita coisa aconteceu. Tivemos eleições presidenciais, nevou pelo país fora, o Benfica levou um enxerto "de pai a mãe" do Sporting... mas isso deu-me tanta vontade de comentar como ver um documentário sobre babuínos no canal Odisseia. Nos últimos dias, porém, finalmente ocorreu algo que me fez despertar a atenção. Algo relacionado com o tema que adoro rebater e criticar até ao infinito: a religião.
Parece que o mundo árabe está em polvorosa porque um diário dinamarquês, o "Jyllands-Posten", publicou caricaturas de Maomé, o profeta máximo do Islamismo;

caricaturas essas que foram reproduzidas por muitos lados da Europa, o que deixou ainda mais coléricos os já furiosos muçulmanos. Aparentemente, a questão nem é tanto por se caricaturizar a representação do Profeta... é por o representar, pois para o Islão, Maomé não é representável. A coisa já chegou a tais pontos que o governo dinamarquês já revelou que existe uma "fatwa" (ou seja, um édito religioso) contra as tropas dinamarquesas que estão no Iraque. Isto fez-me lembrar, aqui há anos, quando no "Expresso" apareceu uma caricatura de João Paulo II com um preservativo enfiado no nariz (relacionado com a política da Igreja em relação aos contraceptivos), que gerou alguma celeuma por estas terras católicas.
A minha opinião, no meio disto tudo? Sou a favor da liberdade de expressão, portanto vou-me colocar a favor dos caricaturistas. É que, do meu ponto de vista, a reacção muçulmana é uma perfeita idiotice pegada! Caricaturizam-se pessoas e sítios e ninguém levanta uma palha, até re riem se for preciso, mas caricaturiza-se um elemento religioso e cai o Carmo e a Trindade? Poupem-me! Não estou a dizer isto só porque se trata dos árabes: se a questão envolvesse cristãos (como a que referi anteriormente), a minha reacção seria absolutamente a mesma. Todos os tabus, todas as proibições sem sentido levantadas pelas religiões apenas merecem de mim o meu mais profundo desprezo. Por isso, tudo o que posso desejar é que haja cada vez mais iluminados a desafiá-las, a torcê-las.

Bons desenhos.
disfunção original de Rodolfo Dias às 18:40
 O que é?

vê lá se não lançam uma fatwa contra ti! Com este post todo revolucionário... não sei não!
Skeptikal a 6 de Fevereiro de 2006 às 17:05

Twitter button
Este web-log não adopta a real ponta de um chavelho. Basicamente, aqui não se lê nada de jeito. É circular, c...!
Twitter
enviar spam
Fevereiro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28


vasculhar
 
Disfunções mais velhas que a sé de Braga
2016:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2015:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2014:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2008:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2007:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2006:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2005:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


Networked Blogs
origem
blogs SAPO